As belezas do Marrocos

Kasbah em Ouarzazate - Patrimônio mundial da UNESCO

Praias, neve e uma Hollywood em pleno continente africano surpreendem até o viajante mais experiente

O país foi febre no começo dos anos 2000 por causa da novela O Clone, da Rede Globo, e, naquela época, ir para o Marrocos estava em alta, principalmente para visitar as famosas áreas de tingimento de tecidos e comprar bijuterias “à la Jade”. A moda passou, mas a região e a cultura étnica continuam sendo uma ótima opção de viagem, e países como Índia, Turquia, Tailândia e Marrocos entraram na lista de destinos mais desejados pelos turistas ocidentais.

Ao noroeste da África, Marrocos é conhecido como “A terra do Sol poente” por estar próximo ao Saara. Mas engana-se quem acha que a região é tomada por um clima completamente desértico. Em seus 1.100 quilômetros de litoral há belíssimas praias exóticas, banhadas pelas águas claras do Oceano Atlântico e do Mar Mediterrâneo, além de centenas de lagos e cachoeiras ao redor de suas gigantescas montanhas. No inverno, a neve cobre o cume da Cordilheira Atlas. Quem diria, não?

As cidades mais visitadas do país são Fez e Rabat, respectivamente, a antiga e a nova capital; Casablanca e Marrakesh. No entanto, há outras que não são tão conhecidas, mas valem um passeio. Ouarzazate, por exemplo, é a “Hollywood da África”, pois lá está o Museu do Cinema, que abriga os estúdios onde foram rodados filmes como Alexandre, o Grande, Gladiador e 007 Zona de Perigo. Outro ponto turístico fascinante é a kasbah (castelo fortificado) Aït Benhaddaou — patrimônio mundial da Unesco.

Nos centros urbanos das cidades são comuns os grandes mercados de rua, chamados “souks”, onde é possível encontrar uma variedade imensa de produtos artesanais, como sapatos e bolsas de couro, roupas típicas, lenços, luminárias, sabonetes e incensos. Como todo trabalho feito por mãos árabes, os produtos são extremamente detalhados e bem acabados. É impossível sair sem pelo menos uma babucha (sandália estilo Aladin).

Independentemente da cidade em que se está, passar uma noite no deserto é indispensável. Há agências de expedições que levam — com segurança — um grupo até pequenos desertos para acampar. O trajeto depende de cada empresa, mas geralmente estão inclusas paradas em algumas cidades importantes, como Essaouira e Zagora. Os pacotes contam com transporte, motorista, guia, camelo, tenda preparada e um jantar mais que especial, com música e dança típica. Só tome cuidado para não ser turista demais, pois a graça é imergir nessa cultura tão rica e distinta da nossa.

Ficou tentado? Então confira algumas dicas básicas para ter uma viagem tranquila e não encarar nenhum problema.

Os falsos guias
Você provavelmente precisará de um guia para ajudá-lo a encontrar seu hotel. Aceite ajuda somente de profissionais identificados, isto é, com colete. Muitas pessoas se passam por guias, mas muitas vezes isso é um golpe para assaltar o turista. Outra dica importante: lá, nada é de graça. Se pedir uma informação, dê uma gorjeta em troca. No máximo 3 euros.

Não ande sozinho(a) e, se for mulher, não dê atenção aos homens
Jamais ande sozinho(a), pois o índice de assaltos a turistas é grande. Ir atrás, tentar puxar papo e chamar de “gazela” são comportamentos comuns dos marroquinos. Isso pode assustar a mulher num primeiro momento, mas não é uma ameaça, apenas uma brincadeira. Passe reto e não olhe. Ninguém vai lhe fazer mal se você estiver acompanhada.
Quando tirar foto dos homens com macacos e najas, pague-os
Isso é regra para todos. Se você não pagar depois de uma foto ou filmagem, a pessoa vai segui-lo, ameaçá-lo e pode até tentar agredi-lo.

Se puxarem você para dentro de uma loja, resista
Entre apenas se realmente quiser ver algo dentro do comércio. Os marroquinos costumam puxar os turistas para dentro da loja e, em muitos casos, obrigam a comprar algo, do contrário, impedem a saída do cliente.

Negocie sempre
Nos “souks”, os comerciantes aumentam os preços em 300%. Portanto, quando for negociar, apele. Jogue um valor bem baixo e espere a reação do vendedor. Isso não é nenhuma ofensa para eles. Negociar é o que os marroquinos fazem de melhor. Mas somente entre na “briga” se tiver intenção de comprar.

Como funciona a Medina
É a cidade sagrada. Ela é cercada por uma muralha e é onde os turistas costumam passear e se hospedar. Lá dentro, tudo é mais caro, mas também é o lugar mais seguro. Na Medina é proibido beber e fumar.
Não tome água que não seja de garrafa
A água de lá não é potável, por isso, passe num mercadinho e compre um galão para levar para o hotel. Nos restaurantes, fique atento se a água vem em garrafa lacrada e tenha cuidado ao pedir o prato (saladas, sopas ou ensopados).

É a África, mas esqueça o shortinho, o decote e a legging
Além de ser considerado desrespeito em um país onde a religião é o islamismo, as mulheres costumam ser assediadas. Calça comprida, camiseta e cabelo preso. Esse é o uniforme.

Depois das 23 horas, esteja no hotel/albergue
Vale para homem e mulher. A Medina é um labirinto com paredes altas, ruelas estreitas, fechadas, com teto. Nada seguro para um estrangeiro.
Para saber mais:

Religião: islamismo
Línguas: francês, espanhol, inglês, berbere e árabe marroquino
Moeda: dirham. Referência aproximada: 100 dirhams = 10 euros

Companhias que voam para o Marrocos:

IBERIA LINEAS AEREAS DE ESPAÑA S.A.

ALITALIA CAI SPA

AIR FRANCE

TAP AIR PORTUGAL

DEUTSCHE LUFTHANSA AG

TURKISH AIRLINES INC.

TAM — LINHAS AEREAS (via Frankfurt)

Fonte: Agência Monark

Matéria que fiz para o site da FIAT.
Foto – Thais Coraini, minha prima e companheira de viagens.
About these ads

Sobre Bruna Caricati

Jornalista freelancer e viajante insaciável. Morou em 5 países e não pretende parar por aí.
Esse post foi publicado em Marrocos e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para As belezas do Marrocos

  1. Yara disse:

    A empresa Ryanair também voa para o Marrocos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s